• Por Hellen e Monique

Prancha Lateral com Rotação


As pranchas laterais desafiam o pilateiro no quesito força, equilíbrio e alinhamento. São versáteis e podem ser realizadas com vários níveis de dificuldade, mas mesmo nas versões mais simples não são adequadas para alunos iniciantes. Exercícios derivados delas podem ser feitos tanto no solo, como o Mermaid, quanto nos aparelhos, como é o caso do Star no Reformer ou na Cadeira.

O exercício mostrado no vídeo possui o fator facilitador de ter o apoio sobre o antebraço em vez de ser feito sobre a mão, o que gera uma menor instabilidade e é uma opção para os alunos com problemas no punho.

O praticante posiciona-se formando uma reta desde os pés até a cabeça, com o cotovelo apoiado no solo abaixo da linha do ombro e o outro braço estendido no alto. O olhar acompanhará o movimento da mão de cima. O cóccix aponta para o calcanhar para evitar que ocorra uma anteversão pélvica.

O braço de cima é levado para o espaço entre o corpo e o solo e o tronco faz o máximo de torção possível sem que a bacia rode junto. Empurrar o umbigo cada vez mais para dentro, afundar as costelas, expirar todo o ar e não perder o crescimento axial são ações importantes para executar bem o movimento. Depois é feito o retorno à posição inicial, em que o aluno deve imaginar-se preso entre duas paredes de vidro, alinhando o ombro de cima sobre o de baixo e o quadril de cima sobre o de baixo.

Há quem faça cara feia para os exercícios de solo, mas foi ali que o Pilates começou e onde encontramos o grande desafio de não ter aparelhos e nem molas para ajudar na sustentação. Precisamos apenas de um tapetinho para transformar a força de vontade em força muscular.

Veja mais:

Mermaid - Side Bend

Prancha Lateral no Reformer

Vamos de Prancha Lateral

Prancha Lateral

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.