• Por Hellen e Monique

Lunge na Cadeira com a Fitball


Não é a primeira vez que falamos que quem diz que o diamante é o melhor amigo da mulher é porque não sabe o que um belo agachamento pode fazer por ela. E esse exercício pode e deve também ser um bom companheiro do homem, já que consiste em um excelente trabalho de membros inferiores. Muito antes de pensarmos em estética temos que focar na saúde e músculos fortes fazem parte do pacote.

O vídeo mostra uma variação onde em vez de usarmos o pedal da Cadeira optamos pela Fitball, que além de retirar a assistência dada pelas molas na redução da carga, dará um componente de instabilidade. O aluno sobe no aparelho como se fosse realizar um Going Up, isto é, utilizando o pedal e desta maneira o auxílio das molas. Em cima do aparelho ele vira-se para o lado oposto, mantém um pé todo apoiado no assento (neste caso o esquerdo) e o outro com a ponta (direito) sobre a bola. As mãos usarão as alças para auxiliar no equilíbrio, fazendo o mínimo possível de descarga de peso sobre elas. Antes de iniciar o movimento deve-se verificar se a postura está correta, evitando que a pélvis compense em anteversão e que o lado que está sobre a bola rode para trás e incline para baixo. A perna da frente dobra sem que haja um deslocamento anterior do joelho e a de trás mantém-se esticada e na linha do quadril homolateral, pois há tendência de ocorrer um desvio medial e por isso é tão importante manter esse alinhamento da bacia. Uma linha deve se formar desde o calcanhar direito até a cabeça, portanto, quanto maior a flexão da perna que está sobre o aparelho, mais o tronco precisa inclinar-se para frente. Mantendo a perna esquerda dobrada (a no máximo 90 graus), a direita movimenta a bola fazendo uma flexão e extensão e então o praticante retorna à posição inicial. Como existe esse movimento do tronco, os extensores do quadril são muito solicitados e possivelmente os glúteos e isquiotibiais mandarão lembranças.

Inicialmente o aluno pode realizar amplitudes menores, focando antes de tudo em aprender os alinhamentos. A evolução é feita com movimentos maiores e também deixando de apoiar as mãos. Por medida de segurança as alças da Cadeira devem ser mantidas mesmo que elas não sejam usadas, pois no caso de um eventual desequilíbrio elas poderão evitar uma queda. Em nenhum momento o peso do corpo é descarregado sobre a bola, o pilateiro deve concentrá-lo sobre o pé que está sobre o assento, pensando como se quisesse pressionar o aparelho contra o chão constantemente.

Os agachamentos não devem ser vistos apenas como exercícios de força, quanto mais pensarmos na postura e nos detalhes, mais resultados teremos por conseguirmos atingir o alvo, também conhecido como bumbum.

Veja mais:

Lunge com a Bola

Jairzinho no Reformer

Agachamento na Cadeira com a Caixa do Reformer

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.