Alongamento Eficaz se faz com a Postura Correta

Alguns alunos acham que alongamento é a hora de relaxar. Mas não é bem assim. As compensações estão sempre à espreita aguardando uma brecha para entrar em ação e dominar a cena.

 

Mesmo durante as posições sustentadas o pilateiro deve se manter atento à sua postura, pois o corpo vai dando um jeitinho de escapar do que provoca incômodo, que neste caso é o alongamento. Então a pelve entorta, o tronco relaxa, o ombro sobe… O aluno vai sentir o músculo alongar mesmo estando com a postura errada? Sim, porém isso poderá causar danos às articulações e dará estímulos completamente errados para o corpo.

 

O ideal é continuar seguindo todas as regras do Pilates durante a aula inteira. E se possível, fora dela também.
Sendo assim é preciso manter o alongamento axial, pensando em aumentar o espaço entre as vértebras, os ombros encaixados e a bacia alinhada.

 

Escolhemos alguns alongamentos para usar como exemplos:

 

- Alongamento de Quadríceps no Barril (foto acima):

 

Certo: A coluna deve permanecer neutra, ambos os joelhos na mesma linha, ou se possível, o dobrado pode ficar mais posteriorizado do que o esticado e as pernas alinhadas na largura da bacia.

 

Errado: Permitir a anteversão pélvica e a hiperlordose, deixar o joelho flexionar excessivamente, permitir a abdução da perna dobrada ou avançar além do membro de apoio.

 

- Alongamento de Posteriores de Coxa no Reformer (variação do Front Splits):

 

Certo: Manter o joelho estendido, a coluna reta formando uma linha desde o calcanhar até a cabeça, ombros longe das orelhas.

 

Errado: Dobrar o joelho, rodar a bacia, flexionar a coluna e elevar os ombros na tentativa de levar o carrinho mais para trás.

- Alongamento de Glúteos no solo:

 

Certo: Segurar as pernas fazendo a força nos braços deixando os ombros relaxados (abrir os cotovelos ajuda no alinhamento) e manter a pelve neutra e apoiada no chão.

 

Errado: Sustentar nos ombros o peso das pernas, querer puxar demais os membros inferiores e acabar levantando a bacia do chão ou fazer uma inclinação lateral dela.

 

Como já deu para perceber, Pilates não é lugar para relaxar e nem para relaxados ;)

Tenha certeza de que todo o esforço valerá a pena e que se o instrutor e o praticante trabalharem como um time, ambos fazendo a sua parte da melhor maneira possível, os bons resultados virão.

 

Veja mais em:

 

Alongamento

Vamos Bater um Papinho Rápido sobre Alongamento?

Flexibilidade

Vamos Alongar o Quadríceps?

Please reload

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

Please reload

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.