• Espaço Fluir

Esporões de Calcâneo

Explicando de forma simples, o periósteo é uma membrana de tecido conjuntivo denso que reveste quase que a totalidade do osso. Nela se fixam os músculos, servindo como ponto de origem e inserção. Quando a tração muscular, passada ao periósteo através dos tendões, é aumentada, gera estímulos para produzir mais tecido ósseo, evitando assim, fraturas na região.

Biomecanicamente, a tuberosidade do calcâneo (vulgo calcanhar) transmite a potência do tendão do calcâneo (antigo tendão de Aquiles) à fáscia plantar. Quando a tração é excessiva (por excesso de treino, abuso do uso de saltos altos, grandes períodos em pé, longas caminhadas com sapatos inadequados, encurtamento dos músculos da panturrilha...) ou há micro traumas de repetição, aparecem os processos inflamatórios na fáscia plantar gerando uma descalcificação do osso no ponto máximo de tração que é em sua inserção no calcanhar. Então para se proteger, o organismo começa o processo de calcificação na região e o depósito de cálcio ao longo do tempo forma um calo que é chamado de esporão.

Normalmente, a fascite plantar antecede o esporão e suas causas e tratamentos são os mesmos. A dor aguda obriga os pacientes a usar uma marcha claudicante na tentativa de evitar o apoio sobre o calcanhar, andando sobre a borda externa ou sobre a região distal do pé e a pisada errada de defesa pode piorar todo o quadro. Por isso, deve-se ficar atento aos primeiros sinais. Leia sobre as causas e como tratar fascite plantar, e consequentemente o esporão, no nosso post.

Hellen e Monique :)

Tags:

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.