• Por Hellen e Monique

Variação do Standing Roll Down com Agachamento no Reformer


O Standing Roll Down pode parecer apenas um relaxamento para a coluna, porém é um excelente exercício para trabalhar o Power House, a curvatura C da coluna, a estabilidade e o alinhamento dos membros inferiores. Na variação que mostramos no vídeo usamos o Reformer e com isso fortalecemos os estabilizadores escapulares e também adicionamos um agachamento, tendo então um fortalecimento dos membros inferiores. Resumindo: é daqueles exercícios que trabalham dos pés à cabeça.

Posição Inicial: Em pé por dentro da estrutura do aparelho e de frente para a cabeceira. As solas dos pés permanecem com o peso dividido entre toda a sua superfície e apoiadas no alinhamento dos quadris. As mãos seguram as ombreiras com os cotovelos estendidos e o carrinho próximo ao corpo. Coluna enrolada.

Movimento: Fechar o carrinho através do movimento de flexão da articulação do ombro, sem permitir que a bacia saia da posição. Puxar novamente o carrinho intensificando a curvatura da coluna e encaixando as escápulas. Fazer um agachamento e retornar à posição ortostática.

Pontos Importantes:

  • Pressionar o tempo todo os pés contra o chão, mantendo a divisão de peso entre o calcanhar e as cabeças primeiro e do quinto metatarsos, mesmo que haja a tendência do peso deslocar-se mais para frente ou para trás.

  • A tíbia permanece como uma estaca, presa na linha vertical sobre os calcanhares. Enquanto os joelhos estão estendidos (primeira parte do exercício), a bacia também faz parte dessa linha. A tendência é ocorrer um deslocamento para trás. Deve-se fazer um forte acionamento dos glúteos e fazer o cóccix apontar para o chão para que essa compensação não ocorra.

  • Quando os joelhos flexionam a pelve desloca para trás, como se fosse sentar em uma cadeira.

  • O Power House está constantemente ativo tanto para promover o enrolamento da coluna quanto para fazer com que ela vá para a posição mais neutra durante o agachamento.

  • Trabalhar a estabilidade das escápulas, impedindo que elas desloquem para cima e para frente. Pensar na intenção de puxar a dobrinha de trás da axila para baixo.

  • O posicionamento do pescoço deve ser harmônico em relação à coluna torácica e acompanhar o movimento do tronco.

Adivinhe quem é:

Uma pessoa que gosta de te dar ordens, de te mostrar que você está fazendo as coisas do jeito errado, que te coloca em situações complicadas, que diz que quer o seu bem mas gosta mesmo é de te ver lascado.

A) Sogra

B) Instrutor de Pilates

Veja mais:

Curva C

Variação do Standing Roll Down com Fortalecimento de Braços no Reformer

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.