Fortalecimento de Abdômen com Overball e Variação do Footwork no Reformer

 

 

Para tirar o máximo de proveito do exercício o pilateiro tem que concentrar-se, driblar as compensações e, como dizem alguns alunos, buscar a dor. Isso não deixa de ser verdade, pois quanto melhor estiver o alinhamento, mais força direcionaremos para a  musculatura alvo e consequentemente, mais sofreremos (no bom sentido, é claro).

No caso deste exercício um detalhe fará toda a diferença: apoiar e não despencar. E quem determina isso é o Centro de Força, que trabalhará para que a lombar mantenha uma pressão leve constante sobre a Overball  durante todo o movimento, sem permitir que o peso do corpo seja descarregado sobre ela. O objetivo é fortalecer o Power House, oblíquos abdominais e coxas.

 

Posição Inicial: Sentado com a lombar apoiada sobre o acessório e tronco inclinado para trás, um joelho (no caso do vídeo, o esquerdo)  flexionado com a ponta do pé na barra de pés e a outra perna (direita) estendida acima desta. Mãos na nuca.

 

Movimento: Estender o joelho esquerdo empurrando o carrinho enquanto o direito flexiona. Ao mesmo tempo rodar o tronco para a direita. Fechar o carrinho estendendo a perna direita por baixo da barra de pés e voltando a olhar para frente. Repetir o movimento alternando a posição do membro inferior direito estendendo-o ora por cima, ora por baixo da barra de pés.

 

Pontos Importantes:

  • Pensar que o umbigo quer afundar na Overball ao mesmo tempo que o tronco quer fugir dela.

  • A tendência do peso do corpo despencar sobre o acessório aumenta quanto maior for a flexão do quadril. Portanto, para manter o apoio leve, é preciso contrair ainda mais o abdômen e o períneo.

  • Rodar o tronco pensando em crescer.

  • As mãos dão orientação de alongamento ao pescoço. Os braços não são a origem do movimento e não devem empurrar a cabeça, o movimento é gerado pelo abdômen.

  • A perna trabalha na ida e na volta do carrinho, impedindo que o retorno seja passivo sendo feito pela pressão das molas.

 

Dor e queimação na barriga é sinal de azia e má digestão? Talvez. Mas no Pilates em geral o nome da doença que causa isso é: instrutor inspirado.

 

 

Veja mais:

Stomach Massage - Twist

Segredos do Footwork

Crisscross

Pilates com Acessórios

 

Please reload

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

Please reload

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.