Variação do Front Splits

 

O clássico Front Splits é um exercício avançado, pois para realizá-lo é preciso que o praticante esteja com o Power House firme e tenha desenvolvido força e flexibilidade em membros inferiores, além de consciência corporal e equilíbrio suficientes para conseguir se alinhar e não sofrer quedas. Esta variação proposta no vídeo é do Pilates Contemporâneo e requer os mesmo fatores do exercício original acima citado, mas exige menos do corpo, por isso pode ser um primeiro passo ou pode ser passado para alunos que, por diferentes motivos, não poderão evoluir, sendo uma boa adaptação para que possam trabalhar dentro de suas habilidades em um ambiente mais seguro.

 

Posição Inicial: Em pé ao lado do Reformer com o pé de fora no chão e o outro com o calcanhar na ombreira e ponta apoiada no carrinho. Pernas esticadas. Tronco inclinado para frente. A mão de dentro apoia na barra para ajudar no equilíbrio se necessário.

 

Movimento: Acionando o Centro de Força para manter o alinhamento e o crescimento axial, deve-se começar a flexionar o joelho do membro inferior que está apoiado no chão até atingir 90 graus ou até o ponto em que o alinhamento possa ser mantido. Após, esticar a perna empurrando o carrinho para trás até o limite do alongamento. O joelho volta a dobrar até a linha do pé enquanto a bacia continua na mesma altura, ou seja, sem que suba. Quando a perna fica perpendicular ao chão, deve-se começar a extensão do joelho até o final.

 

É importante ficar atento a alguns pontos:

 

  • A bacia tende a rodar para o lado do carrinho. Para evitar, podemos solicitar o uso mais intenso dos músculos da Base Pilates. Pedimos ao aluno para que pense em rodar as coxas para fora, acionando mais os glúteos.

  • A Base pilates também é importante para impedir que a lombar entre em flexão lateral que ocorrerá para o lado de fora. Além de fazer uso deste conceito, requisitamos que o pilateiro direcione o ísquio deste lado para o calcanhar que está apoiado no carrinho.

  • O corpo fica inclinado para frente durante todo o movimento para que a lombar não sofra cargas desnecessárias, mas temos que lembrar de contrair o abdômen e fechar as costelas para manter a coluna neutra.

  • É fundamental que não haja compressões. Então, o pé do chão quer empurrá-lo para baixo na ida e na volta, desta forma a musculatura é mais solicitada e há um maior suporte para o corpo. Além disso, o calcanhar da outra perna deve ir para longe empurrando a ombreira e levando o carrinho para trás e o aluno deve crescer pelo topo da cabeça.


Quem achou que estaria livre dos Front Splits, esqueceu que os instrutores de Pilates, assim como os brasileiros, não desistem nunca.

Please reload

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

Please reload

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.