A Importância do Instrutor

Nós instrutores de Pilates temos o desafio de estimular os alunos com novidades, mas ao mesmo tempo temos a obrigação de manter a qualidade.

 

Sendo assim, é interessante se manter atualizado, aprender exercícios novos, buscar conhecer as novidades em relação a acessórios e aparelhos, mas mais importante que isso é aprimorar o que já sabemos, melhorar os nossos pontos fracos e assim como o aluno, tentar chegar à perfeição.

 

O nosso papel vai muito além de apenas dizer o que o praticante deve fazer. Devemos dizer como ele deve fazer, alertá-lo onde poderão vir os erros e estar por perto para corrigir. Instrutor que se preze não dá um comando e vira as costas. Como Joseph dizia: “Não importa o que você faz, e sim como você faz”. E a maneira que o aluno faz é responsabilidade conjunta do professor e do praticante.

 

Instrutor precisa treinar, não necessariamente para ser capaz de fazer malabarismos, mas para sentir no próprio corpo os movimentos, entender o que acontece, saber onde e como podem acontecer as compensações, dominar os próprios músculos, saber como melhorar cada exercício e aprender comandos verbais e imagens para ajudar o aluno a alcançar os objetivos. Após acumular essa bagagem, deve saber aplicar às aulas explicando com a maior riqueza de detalhes possível o movimento que será feito e estar ao lado pelo menos em suas primeiras repetições para certificar-se de que suas requisições foram entendidas.

 

Mandar o aluno fazer um exercício e sair andando não é ser instrutor. É indispensável ter uma pessoa que realmente instrua, oriente e se preocupe, e não simplesmente mande. Somos instrutores ou professores, não ditadores.

Tags:

Please reload

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

Please reload

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.