• Espaço Fluir

O Lixo e a Água

Todo lixo jogado nas ruas vai parar nos mares. Mesmo que você esteja longe da praia ou de um rio, tudo o que se joga fora do lugar correto sempre vai para a água. Papelzinho de bala, sacola plástica, guimba de cigarro... Esses e outros objetos, quando jogados na rua, além de sujá-la, acabam nas galerias de águas, carregados pelo vento ou pelas chuvas. E terminam, mesmo que em pequenos fragmentos, em rios, lagos e mares.

Nos rios e mares, esses pedaços de lixo são confundidos com comida por aves e peixes que acabam morrendo por asfixia ou inanição. Afetam até os ovos desses animais, por causa dos resíduos tóxicos. Atingem as tartarugas, que comem estes fragmentos ou ficam entaladas em embalagens. A contaminação da água e a morte dos peixes prejudicam quem depende deles para viver, já que a atividade pesqueira no Brasil gera 3,5 milhões de empregados diretos e indiretos, dos quais 1 milhão são pescadores.

A sujeira deixada na areia da praia, seja o coco do cachorro ou o palitinho de sorvete, acaba arrastada pela maré para alto-mar. Parte dela permanece na água e outra parte volta poluindo os mangues e a praia novamente. Guimbas de cigarros são o lixo mais encontrado em praias e cursos d’água. Composta por 4,7 mil substâncias tóxicas, uma única guimba foi capaz de levar à morte metade dos 20 peixes em um aquário teste. A guimba quando se degrada no chão, também contamina a água subterrânea e o solo.

Jamais jogue lixo na rua, na praia ou em qualquer outro local que não seja a lata de lixo. Separe o que for reciclável para que o material possa ser reaproveitado.

Uma pesquisa feita em duas estações na cidade de São Paulo mostrou que mais de 50% dos detritos sólidos retidos nas grades por onde passa a água são formados por cabelos, fiapos e pelos de animais como cachorros e gatos, causando o entupimento e pane. Também são encontrados fibras de tapetes, vassouras e escovas, plástico, preservativos e cápsulas usadas para armazenar drogas.

Os brasileiros produzem diariamente 8,4 bilhões de litros de esgoto, mas nem metade disso é tratada antes de ser devolvido ao ambiente. As estações de tratamento são importantes para que a água que usamos não seja devolvida sem o devido cuidado aos rios e mares.

Também não jogue pelo ralo ou pelo vaso sanitário: óleo de cozinha usado, solventes, lubrificantes e tintas que não sejam à base de água. Eles podem ser levados a pontos de coleta especiais. Jogue fios de cabelo, pelos e resto de varrição – assim como qualquer tipo de detrito – no lixo.

Pequenos atos podem representar grandes consequências. Faça a sua parte e colabore para deixar o planeta mais saudável.

Fonte: Planeta Sustentável

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.