O Que São Exercícios Aeróbios?

22.09.2014

Existem vários mitos e dúvidas quanto a esse assunto e hoje tentaremos esclarecer resumidamente alguns pontos. Mesmo em repouso, o corpo necessita de energia para manter as funções fisiológicas básicas, como a respiração e o funcionamento dos órgãos. O armazenamento e liberação de energia ocorrem por meio de diferentes reações químicas. Durante a atividade muscular esses processos acontecem por três vias, dependendo da intensidade e duração dos exercícios.

 

- Via anaeróbica alática: É um processo que requer poucas reações químicas e fornece energia de forma rápida através de uma molécula presente no músculo, a Creatina-Fosfato, proporcionando potência muscular máxima por um período de até 8 a 10 segundos. É utilizada em movimentos de duração bem curta, como pegar um objeto no chão, subir poucos degraus de uma escada ou chutar uma bola.

 

- Via anaeróbica lática: Utiliza a quebra da glicose (presente no sangue e também armazenada na forma de uma molécula mais complexa no fígado e músculos) como fonte de energia, é uma via mais potente, mas possui a desvantagem de produzir ácido lático, que causa dor e queimação durante a atividade muscular. Esse ácido inibe o próprio mecanismo de contração após alguns segundos de trabalho do músculo (vale lembrar que aquela dor muscular tardia, sentida horas após o exercício, nada tem a ver com esse ácido, e sim com o processo inflamatório que ocorre para o reparo das fibras musculares (leia mais sobre isso aqui). Tem duração intermediária, entre 10 segundos e 2 minutos. Subir um lance maior de escadas ou fazer séries de musculação e Pilates fazem uso dessa via.

 

- Via aeróbica: Utiliza a glicose e a gordura e em menor proporção, a proteína. É a única das vias que envolve o oxigênio em suas reações. Demora de 1 a 2 minutos para funcionar efetivamente, pois depende de muitas enzimas e processos mais complexos. É ativada em atividades de longa duração e intensidade moderada, como caminhadas, corridas e pedaladas em grandes distâncias.

 

O que acontece na prática é que a ação dessas vias ocorre simultaneamente, embora exista a predominância de uma determinada via sobre a(s) outra(s), dependendo de fatores como a intensidade e a duração do exercício, a quantidade de reservas disponíveis em cada processo para produção ou utilização imediata. Assim, quanto mais longa for a atividade, maior será a participação da via aeróbica e portanto, da queima de gordura. E quando se fala que um exercício aeróbico deve ter duração mínima de 30 minutos, a intenção é ocorrer um gasto energético considerável e o condicionamento dos sistemas respiratório e cardíaco.

 

Agora ficou claro que a afirmação de que o exercício é aeróbico sempre que há aumento da frequência cardíaca é totalmente infundada. Qualquer esforço leva a um aumento dos batimentos, mas nem todo esforço caracteriza uma atividade aeróbica. 

 

                                                               Hellen e Monique :)

 

Please reload

Workshops Espaço Fluir

Clique na imagem para saber mais

O que você procura?

Please reload

DÚVIDAS E SUGESTÕES, AQUI É O LUGAR!

UM BLOG POR ESPAÇO FLUIR

© 2014 POR ESPAÇO FLUIR.